Player

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

TIAGO 1:6b,7

Pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma cousa;
TIAGO 1:6b,7

MEDITAÇÃO:
 Você já parou para imaginar e relembrar quantas promessas já vieram sobre sua vida ao longo do tempo que você serve a Deus? Certamente não foram uma nem duas, foram muitas. Por que elas caíram no esquecimento? Por que você vive hoje como se nunca tivesse recebido uma promessa de Deus? Será que não faltou fé a você para crer que elas pudessem se cumprir? Saiba que em relação às promessas, temos de Deus o sim (II Coríntios 1:20). O objetivo deste devocional é fazer com que você medite e relembre tudo quanto já lhe foi dito e busque em oração a veracidade destas palavras, pois a incredulidade poderia abafar e extinguir grandes bênçãos que foram bloqueadas em sua mente por conta da dúvida que se originou no momento que você recebeu a promessa (Romanos 4:16). Cada onda deste mar, da forma como a gravura se apresenta, representa a incredulidade, isto é, não sabemos de onde vem e nem para onde vai, assim acontece com todo aquele que duvida. Mas Deus neste dia te diz assim: Aquele que prometeu não seria fiel para cumprir? No lugar da dúvida, clame por certeza e convicção e assim alcançarás o favor do Senhor. Não temas, crê somente!
ORAÇÃO:
 Querido e amado Pai que está nos céus, lança para longe de mim todo espírito de incredulidade e anula qualquer possibilidade de que eu venha duvidar no momento em que falares comigo. Não quero ser como a onda do mar, mas meu desejo é ter convicção plena de que tuas promessas pra mim são reais e verdadeiras. Cumpra em mim o teu querer e leva-me a ter lindas experiências contigo para que todos que estiverem à minha volta vejam os milagres e glorifique o Santo nome do Senhor, Amém.

Sem comentários:

Publicar um comentário