Player

sábado, 2 de julho de 2011

I CORINTIOS 13: 7

O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta.
I CORINTIOS 13: 7

MEDITAÇÃO:
 Quando falamos de amor, muitos leques se abrem para tentarmos compreender tão nobre sentimento. É como se fosse lembranças de tantos momentos que vivemos com alguém muito especial, é carinho, afeto pessoal, alegria, compartilhar sentimentos e sentir profundas saudades. Ora, mas amor é infinitamente mais do que tudo isso; quando a palavra diz que o amor tudo sofre, entendemos que o sofrimento, seja ele qual for, jamais vencerá o amor; afinal é possível sobrepujar tudo isso quando realmente se ama; fala também que o amor tudo crê, isso aponta para confiança, cumplicidade, sentimento verdadeiro, sincero; tudo espera; isso nos leva a crer que sem esperança e paciência não há fundamentação de amor. E por fim, o amor tudo suporta; suportar não está somente no sentido de tolerar, mas principalmente no sentido de “dar suporte à” isto é, quando amamos realmente jamais permitiremos que esse alguém venha cair. A fonte para adquirir todas essas virtudes do amor estão em Cristo Jesus que teve a capacidade de se esvaziar de si mesmo, assumir nossos pecados e culpas e morrer na cruz... somente por nos amar.

 ORAÇÃO:
Pai de amor, eu venho te dar louvor nesta manhã pelo fato de estar sendo agraciado por teu infinito amor. Assim como tu me amas, eu quero expressar esse amor pelo meu cônjuge, noivo (a), namorado (a), pai, mãe, filhos, amigo (a), irmãos, enfim, a todos quantos se relacionarem comigo. Ensina-me Senhor a viver intensamente esse amor que dá e não pede nada em troca, amor verdadeiro, amor sem palavras, amor que chega sem medo e não se acaba. Abençoe Senhor a todas as pessoas que precisam de amor e as leva a ter experiências contigo nesta área. Prepara algo novo nos relacionamentos e acende a chama do amor nos corações. É o que te peço e te agradeço no Santo nome de Jesus... Amém!!!

Sem comentários:

Publicar um comentário